Independence Day–1929


A PROIBIÇÃO E O CRASH
Capítulo 61

Dia da Independência, 1929

farmerkilled1929

Politicamente a pior coisa que poderia acontecer com o Presidente Hoover seria alguma tragédia envolvendo os agricultores cuja aprovação ele suava para granjear.  Logo, aconteceu que no dia quatro de julho de 1929 – enquanto os americanos da gema comemoravam a emancipação da nação das opressivas leis suntuárias – Jeff Harris, “vigilante voluntário”, fatalmente baleou James Harris e seu cunhado Oscar Lowry durante uma batida de lei seca em Tecumseh, Oklahoma.  As vítimas eram veteranos da Grande Guerra, fazendeiros cujo único crime fora de morar a alguns quilômetros na mesma ruela que uma fazenda que sofria uma batida por agentes federais.  Hoover fez que não era com ele e coube ao Comissário Doran divulgar uma declaração de que pastores e zelotas proibicionistas não poderiam mais exercer poderes de execução concomitante nas batidas federais da lei seca.   

drykillersOK29

Quem comemorava a independência dificilmente conseguiria ignorar os paralelos entre a denúncias do Rei George feitas por Jefferson na Declaração da Independência e a situação atual.   Hoover embargou a imigração, fez depender os juízes da sua vontade, despachou enxames de funcionários para atormentar o povo, manteve um exército da repressão na terra e na guarda costeira que saqueou o nosso mar, conspirou com outros para impôr uma jurisdição alheia à Constituição original, dando o seu assentimento aos seus supostos atos legiferantes.
Grande número de agentes armados era protegido, por arremedos de julgamentos, de serem justiçados por eventuais assassínios porventura cometidos nos habitantes destes Estados.   Interditando o comércio, baixando impostos sem consentimento, privando o povo de julgamento por jurados, guerreando contra esse povo e até obrigando os seus concidadãos a pegar em armas contra o seu país, tornando-se os carrascos dos seus amigos e irmãos, ou sucumbir eles próprios pelas mãos destes.  Eram as coisas que os americanos liam nas atualidades dos jornais.  O encardido papel-cânhamo da Declaração fora assinado pelos fundadores da América justamente para varrer da terra esses abusos.   Uma Constituição que outrora limitava a coação das pessoas pelo governo agora exigia que cidadão junto com estrangeiro sofresse assaltos e assassinatos subsidiados pelo estado político.

–Tradução de PROHIBITION AND THE CRASH, por J Henry Phillips. A versão em inglês apareceu ontem.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s